10/12/08

OS POETAS DAS "QUINTAS"/ PAULO CONDESSA

CADA LÁGRIMA (II)

Cada lágrima é um beijo
e em cada lágrima caio eu Tu o beijo a cascata
são já pétalas somos flores
caímos sempre a subir
esquecemos avisos em cima de avisos
somos galgos brancos alados
subimos nuvens, absortos
insubmissos

(Paulo Condessa, in "o céu dentro da boca")

1 comentário:

portallisboa disse...

O portallisboa (www.portallisboa.net) anuncia que estão abertas as inscrições para a participação na obra “Entre o Sono e o Sonho “, Antologia de Poetas Contemporâneos, a ser editada pela Chiado Editora Consulte o regulamento em: http://www.portallisboa.net/modules.php?name=sonosonho