18/05/07

A novíssima poesia portuguesa

Ana Salomé e Vasco Gato
Adriana Faria
Pedro Lamares
Inês Lua e Sandra Salomé

Fragmentos de uma noite mágica com muita poesia. No meio disto tudo:
a Palavra de Vasco Gato

1 comentário:

pedroludgero disse...

Tenho pena de não ter podido assistir à sessão, pois aprecio a poesia do Vasco Gato. Espero que tenha corrido bem.